Menu

logo.marcha.cienciaA Marcha pela Ciência é um movimento internacional, nascido nos Estados Unidos, que visa mostrar "a importância da ciência e da tecnologia" no nosso dia-a-dia e como é necessário que elas prosperem para que toda a nação se desenvolva de forma sustentável e crescente.

No Brasil este movimento será realizado no dia 7 de maio de 2020. No entanto, por conta da pandemia, todas as atividades serão realizadas integralmente pelas redes sociais. Tudo via internet. Cada um na sua casa.

O tema adotado pela "Marcha pela Ciência Minas" é "Saúde, educação e democracia”. Durante o dia marcado estudantes, professores, cientistas e servidores de instituições mineiras do campo da ciência e tecnologia se reúnem para realizar ações que mostrem o que vêm desenvolvendo, em várias áreas. Também vão pedir -- virtualmente -- a revogação da EC 95/2016, Emenda Constitucional que limita os investimentos do governo estadual.

E como o contexto da pandemia de covid-19 deixa ainda mais visível a importância da ciência, este também será um dos assuntos explorados durante o movimento. Ações e pesquisas brasileiras têm sido relevantes no enfrentamento do vírus em várias partes do mundo. Instituições e pesquisadores brasileiros são reconhecidos como referência internacional nesse combate.

A "Marcha pela Ciências Minas" está sendo divulgada nas redes sociais pelo conjunto das entidades, com apoio primordial da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Em nível nacional, o tema do movimento é "Pacto pela Vida".

A PROGRAMAÇÃO

Além de ter influenciado a mudança da estrutura de realização do evento, a pandemia também constará das discussões dos seminários online e dos "tuitaços". Além disso, debates vão analisar a crise da ciência no Brasil, o desmonte dos sistemas públicos de educação e saúde e a necessidade de apoiar as camadas vulneráveis da sociedade.

COMUNIDADE CIENTÍFICA AINDA PODE CONTRIBUIR

Até o dia 6 de maio, representantes de entidades científicas e acadêmicas podem contribuir para a Marcha Virtual pela Ciência produzindo alguma avidade que possa ser exibida remotamente, como um vídeo, um áudio ou um depoimento escrito, por exemplo, sobre temas relacionados a ciência, educação e saúde, como forma de convocação para o evento. Os vídeos podem ter de 30 segundos a um minuto de duração e devem ser iniciados com uma breve apresentação. Esse material, que deve ser enviado para o endereço , será divulgado nas redes sociais da movimento mineiro.

SINTONIA NACIONAL

Previsto ainda no ano passado para ser realizado na última quinta-feira, 23 de abril, em grandes praças pelo Brasil afora, a Marcha Virtual pela Ciência foi remarcada para 7 de maio para permitir que seu alcance seja nacional, ao dar mais tempo para que as instituições preparem suas intervenções e favorecer a participação de um número maior de atividades, explica o professor Luciano Mendes, da Faculdade de Educação da UFMG e secretário regional da SBPC em Minas Gerais. A UFMG participa da organização da marcha por meio da Diretoria de Divulgação Científica (DDC), de várias Unidades participantes, como o ICB, que sempre teve participação massiva nos eventos anteriores, e das pró-reitorias de Extensão (Proex) e de Pesquisa (PrPq).

 

MAIS INFORMAÇÕES

Facebook (www.facebook.com/marchapelacienciaMG)

Twitter (twitter.com/marchapelacienciaminas)

 Instagram (https://www.instagram.com/marchapelacienciaminas)

Email ()

 

(Com informações de Assessoria de Comunicação da Pró-reitoria de Extensão da UFMG e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência)

Pesquisar

Facebook Twitter YouTube Flickr SoundCloud

Topo