Menu

O ICB se destaca como um dos principais Institutos de Pesquisa do País. Quase que exclusivamente constituído de doutores, mas da metade de seu corpo docente é de pesquisadores do CNPQ sendo 63 nível 2, 76 nível 1 dos quais 13 1A. No total, 120 grupos de pesquisa se encontram cadastrados no ICB, incluindo quatro Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs), cujos coordenadores ou subcoordenador são docentes da Unidade.

A produção científica anual do ICB é muito expressiva. Desde a criação do ICB já foram publicados 14.955 artigos científicos, com uma média, nos últimos anos, de mais de 1000 artigos por ano, o que corresponde a quase 29% dos artigos publicados em periódicos por toda a UFMG neste mesmo ano e a 7% dos artigos publicados na área de ciências biomédicas em todo o Brasil. Isto sem incluir a também relevante produção referente a livros, jornais, publicações em eventos e palestras científicas, dentre outras.

Embora o ICB se caracterize por um ser uma unidade de pesquisa básica, os trabalhos desenvolvidos no Instituto apresentam forte aderência aos problemas do País, especialmente aqueles relacionados ao meio ambiente, à saúde humana e animal e à biotecnologia. Desta forma, ressalta-se a relevância do ICB também na aplicação do conhecimento e na inovação. Nos últimos 19 anos foram depositadas, em média, 12 patentes por ano, totalizando 233 patentes, o que representa 34% das patentes já depositadas pela UFMG. Algumas desses produtos e processos já estão disponíveis para a sociedade, tais como vacinas (LEISHVACIN), diagnósticos (padronização da Reação de Montenegro, teste de paternidade de DNA), armadilhas para monitoramento de insetos vetores (MosquiTRAP), levedura selecionada para a produção de cachaça artesanal (CANAMAX), dentre outras.

Para além das fronteiras do Instituto e da Universidade, diversos membros do corpo docente do ICB participam ainda de comissões avaliadoras, comitês assessores, diretorias e conselhos de agências financiadoras de pesquisa do País e inúmeros são os presidentes de sociedades científicas brasileiras e internacionais. A atuação de alguns docentes do ICB foi decisiva, inclusive, para a criação da FAPEMIG, bem como da Fundação BIOMINAS no Estado de Minas Gerais.

 

Links

NAPQ

INCT

Pesquisadores do CNPq

Laboratórios e Grupos de Pesquisa

Produtos, Patentes e Publicações

Facebook Twitter YouTube Flickr SoundCloud

Newsletter

Pesquisar

Topo