Menu

 fakenewsO Jornal Estado de Minas consultou microbiologistas da ICB sobre mensagens ligadas a COVID-19 que vêm circulando nas redes sociais

"Pode tomar antibiótico? O vírus é transmitido pelas fezes? Se eu prender a respiração consigo saber se estou doente? Crianças pegam coronavírus? Falsas informações crescem à medida que o coronavírus se espalha pelo mundo. Pensando em combater as conhecidas fake news, um projeto de extensão do ICB trabalha intensivamente na produção de conteúdo para redes sociais com vídeos elucidativos sobre o novo vírus."

A conta no Instagram (@microufmg) foi criada antes da explosão de casos de pacientes com COVID-19 e viu a necessidade de esclarecer sobre riscos, sintomas e cuidados com a doença. “O cientista tem que educar e mostrar o papel da ciência. É nossa expertise”, afirma a professora Viviane Alves, microbiologista do Departamento de Microbiologia do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG.

Leia o artigo completo aqui

 

ASSISTA AOS VÍDEOS

O Departamento de Microbiologia continua publicando vídeos, com duração de menos de 1 minuto, sobre aspectos do Coronavirus. Até agora já são mais de 70 vídeos educativos. Você pode baixar e divulgar de fonte segura:
https://drive.google.com/folderview?id=1NmvAiNnDi-Q7tR3LrPk1Deg-UYIhdwHt

 

(Mídia é uma tentativa da ACbio de reunir notícias sobre o ICB)

Foto: Quinho/EM/ D.A Press

Pesquisar

Facebook Twitter YouTube Flickr SoundCloud

Topo