Menu

Cryptococcus neoformansA resistência do Cryptococcus neoformans aos antifúngicos foi alterada devido à exposição aos agrotóxicos (Public Health Image Library)

A pesquisa realizada por meio de uma parceria entre o Departamento de Micologia na UFMG e do Instituto Pasteur, em Paris, mostra que agrotóxicos podem deixar fungos, que causam doenças em humanos, mais resistentes aos medicamentos disponíveis no mercado

Com o intuito de investigar quais são esses efeitos indiretos, Rafael Bastos, doutor em microbiologia pelo Programa de Pós Graduação em Microbiologia do ICB, pesquisou em seu doutorado as influências de antifúngicos usados para tratar doenças de plantas nos fungos que causam doenças em humanos e que vivem no ambiente.

”Nós sabemos que existem fungos que causam problemas em humanos e animais. Por exemplo, micoses, meningite, entre outros. No mundo inteiro, cerca de 1,5 milhão de pessoas morrem por causa desse tipo de infecção. Isso acontece porque há poucos medicamentos para tratar as doenças causadas por fungos. Além disso, as poucas drogas que existem, não são eficientes, pois os fungos se tornaram resistentes aos medicamentos”, explica.

Leia o restante da matéria em: Patógenos humanos são resistentes aos agrotóxicos

(Mídia é uma tentativa da ACbio de reunir notícias sobre o ICB)

Facebook Twitter YouTube Flickr SoundCloud

Newsletter

Pesquisar

Topo