Menu

Alexandre Birbrair

Coordenado por Alexander Birbrair, o estudo apresenta conceitos completamente novos na biologia dos tumores. Segundo o pesquisador, o grupo descobriu que os nervos não ocupam um papel passivo em relação à progressão do tumor, mas sim, exercem uma função proativa e maior protagonismo, como entidades essenciais dentro do microambiente tumoral que podem afetar a progressão do tumor.

Birbrair conversou com a Minas Faz Ciência e explicou como a pesquisa pode impactar diretamente nos tratamentos do câncer por meio da criação de maneiras mais especificas para a eliminação dos tumor.

Leia o restante da matéria em: Pesquisadores da UFMG buscam tratamentos mais eficazes contra o câncer

(Mídia é uma tentativa da ACbio de reunir notícias sobre o ICB)

Facebook Twitter YouTube Flickr SoundCloud

Newsletter

Pesquisar

Topo