Menu

 

 

 

"Peixes conquistam a terra firme – nova abordagem para um evento acidental único" é o novo livro do Ictiólogo e professor do Departamento de Zoologia do ICB, Mauro Luís Triques e de seu ex-professor, Martin Lindsey Christoffersen, da Universidade Federal da Paraíba. Publicado pela Editora Baraúna, o lançamento oferece uma nova interpretação sobre a passagem dos vertebrados da água para a terra firme.

Discordando da visão corrente que vê essa passagem como mero processo de seleção natural, os autores desenvolvem, no livro, uma teoria não adaptacionista baseada em exaptações, ou seja, no aproveitamento pela natureza de estruturas biológicas selecionadas para determinada função, para o exercício de uma outra função diferente.

Para exemplificar o fenômeno da exaptação, Mauro Triques cita os Acanthostega, primeiros vertebrados com pés de que se tem notícia (a partir de fósseis), que tinham oito dedos. Seus pés surgiram dentro da água como adaptação das nadadeiras, para melhorar a função de direcionamento da natação e puderam ser aproveitados em terra firme, posteriormente.

Os estudos que embasam as teorias do livro começaram em 2004 e partiram de dois argumentos iniciais. Um deles se baseia no fato de que, se a passagem dos vertebrados da água para a terra firme fosse mero processo de seleção natural, os vertebrados terrestres não poderiam descender de uma mesma espécie, como descendem.

O outro argumento utilizado é o de que há grande diferença de tempo geológico entre o surgimento dos caracteres (características) de um animal e o seu uso em terra firme.

No entanto, Mauro Triques ressalta que o livro não questiona, de modo algum, o conceito de seleção natural ou adaptação, mas que, no caso específico da passagem dos vertebrados da água para a terra, a teoria de Charles Darwin não é suficiente para explicar o processo. Triques também conta que seu livro inclui uma nova definição de macro-evolução.

 

CONTATOS PARA ENTREVISTAS

Mauro Luís Triques - Ictiólogo, prof. do Depto. Zoologia do ICB UFMG - (31) 3409 2918

MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Assessoria de Comunicação Social e Divulgação Científica
Redação: Alice Moreira Machado - Bolsista Proex.
Jornalista responsável: Marcus Vinicius dos Santos

Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais

 Av. Presidente Antônio Carlos, 6627. Pampulha. Sala 173. Bloco J1.
CEP 31.270-901. Belo Horizonte. MG. Brasil.

Facebook Twitter YouTube Flickr SoundCloud

Newsletter

Pesquisar

Topo